Por que você deveria comer mais feijão

Uma grande pesquisa sobre a alimentação e a saúde da população brasileira, divulgada este ano pelo Ministério da Saúde, mostra que mais da metade da população brasileira está com sobrepeso.  O que isso tem a ver com o feijão? A mesma pesquisa revelou que estamos comendo menos feijão: ele está fora do cardápio de quase metade da população. Coincidência? Não!

O arroz e o feijão simbolizam o que poderíamos chamar de Dieta Brasileira – assim como existe a Dieta Mediterrânea. Essa, inclusive, é espetacular para quem mora na região do Mediterrâneo! Já a Brasileira é perfeita para quem vive no Brasil. Detalhe: sabe por que você conhece a Dieta Mediterrânea? Ela foi mais estudada pelos norte-americanos, que vivem em busca de alguma fórmula mágica, justamente por não terem um padrão tradicional de alimentação. Nós temos. Yes! E vai bem além das bananas.

 

Quem come feijão engorda menos: o ingrediente dá sensação de saciedade 

O nosso padrão tradicional de alimentação foi elaborado no decorrer de centenas de anos – e isso, isoladamente, já seria uma garantia de que funciona do ponto de vista nutricional. Mas ter sido usado durante tantos anos revela também que é a dieta que melhor cabe no orçamento das pessoas. Ele começou a cair em desuso quando as refeições passaram a ser baseadas em comida comprada pronta, ultraprocessada. ‘Coincidentemente’, foi nesse período que os índices de obesidade começaram a crescer no país.

Se você nunca preparou uma panela de feijão, deve estar se perguntando se é difícil… Não, mas precisa se planejar. Aliás, ele dá aula quando o assunto é justamente o planejamento. O feijão nos ensina que é possível cozinhar a mais, congelar em porções e temperar só na hora de servir. Fica fresquinho! Quer aprender?

 

Fonte: https://www.panelinha.com.br/blog/alimentacaosaudavel/por-que-voce-deveria-comer-mais-feijao

Deixe uma resposta