Os Landmarks

Em inglês, “Land” significa “terra” e “mark” traduz-se por “marca”, “alvo”. “Landmark” é, assim, a marca, o sinal, na terra, e, mais especificamente, os sinais colocados nos terrenos para assinalar a sua delimitação em relação aos terrenos vizinhos. Em suma, “landmark” é, em português, o marco, no sentido de marco delimitador de terreno.
Fazendo a transposição para a Ordem Maçónica, Landmarks são, correspondentemente, os princípios delimitadores da Maçonaria, isto é, os princípios que têm em absoluto de ser intransigentemente seguidos para que se possa considerar estar-se perante Maçonaria Regular.
Ou seja, os Landmarks são o conjunto de princípios definidores do que é Maçonaria. Só se pode verdadeiramente considerar maçon quem, tendo sido regularmente iniciado, seja reconhecido como tal pelos outros maçons e observe os princípios definidores da Maçonaria constantes dos Landmarks.
Porque definidores do que é Maçonaria Regular, os Landmarks são imutáveis.
Os Landmarks são doze. Nos próximos tempos, aqui serão apresentados e comentados, um por um.
Rui Bandeira
Fonte: https://a-partir-pedra.blogspot.com/2006/11/os-landmarks.html

Deixe uma resposta