O Quadrado Duplo

No templo de Salomão, é o Hekal ou Sanctum que representava um quadrado duplo, ou seja, um retângulo de proporção um por dois. O Hekal era o lugar da adoração ou seja, o lugar do encontro, da comunhão do homem com Deus. E, de fato, o um, a figura de Deus se mistura ali com o cinco, a figura do homem através da mediação da proporção áurea.

Assim, vamos traçar dois quadrados superpostos para obter o quadrado duplo: eles são, ambos, Beta ou Beth, que significa casa, templo ou matriz no sistema simbólico dos alfabetos da Antiguidade. Agora vamos traçar o círculo central com diâmetro correspondente ao lado comum aos dois quadrados: Deus, o um, é o ponto totalmente central e círculo ao mesmo tempo. Deus em seu templo é assim ilustrado pelo círculo centrado no quadrado duplo.

Vamos, em seguida, apontar o ponto fixo do compasso para a parte inferior da diagonal deste quadrado duplo, cujo comprimento é √5 , e vamos traçar o maior dos dois arcos tangentes de círculo ao círculo central. É fácil desmontar que este arco corta os lados laterais do quadrado duplo, respectivamente, em φ   e √φ  ;  φ sendo a letra grega que indica a seção áurea em homenagem aos escultor grego Fídias que decorou o Partenon em Atenas.

LONG SQUARE 1b multiplica-se por si mesmo quando se adiciona um a ela e é revertido quando um é subtraído dela. É o número de harmonia e é encontrado nas taxas de crescimento dos seres vivos, na organização dos ramos em torno de um tronco, na distribuição das folhas em um galho. O encontro de um e cinco, assim, dá à luz a harmonia no templo.

LONG SQUARE 1

E, de fato, tomando a figura anterior como plano ideal do nossa loja, não é harmonioso considerar que a distância φ contada a partir da porta do templo delimita o primeiro degrau do Oriente, onde se coloca o o Venerável Mestre, o Secretário e o Orador e considerar que o espaço compreendido entre  φ e √φ   é onde está o altar dos juramentos, o Hospitaleiro, o Experto, o Tesoureiro e o Mestre de Cerimônias?

Mas o quadrado duplo também é encontrado nas catedrais que os irmãos maçons deram aos seus companheiros eclesiásticos. Cânones das grandes liturgias matemáticas, eles souberam traduzir na pedra as regras mais puras.

Evocar-se-á aqui as três mesas místicas que estão associados à personagem coroada da catedral e registro da trindade no piso. Diz-se que todos os três de uma mesma superfície carregavam o Santo Graal:

LONG SQUARE 2

A mesa redonda representa o Pai. Ela está localizada na nave e, por vezes, materializada pelo labirinto, como em Chartres ou Amiens. Ela é a parte visível para o leigo.

A mesa quadrada representa o filho. Ela está localizada no centro da cruz formada pelo coro, a nave e o transepto. Ela marca a separação entre o leigo e coroado.

A mesa retangular, um quadrado duplo representa o Espírito Santo. Ela está situada no coro que é o espaço reservado ao bispo, aos padres e ao clero. Este é o espaço sagrado por excelência e não foi por acaso que os mestres maçons se inspiraram na escolha do quadrado duplo para seu partido arquitetônico.

LONG SQUARE 4

Nós já o evocamos: o círculo, a unidade, representa Deus ou o Grande Arquiteto e o quadrado representa o princípio da encarnação plena e bem sucedida, o conhecimento secreto da matéria. Em seguida, vem o templo, ou seja, o quadrado duplo que por sobreposição com as duas outras mesas devem nos permitir resolver a quadratura do círculo*, expressando, assim, a harmonia e ascensão para o conhecimento. De fato, através do pentagrama, o homem se enquadra em quadratura e participa na proporção áurea da qual ele recebe todas as correntes benéficas.

Tradução José Filardo

*Nota do blog:

Para aqueles que desejam ler mais sobre a quadratura do círculo seguem abaixo dois links de artigos que abordam o assunto.

O Esquadro e o Compasso: A Quadratura do Círculo

A Filosofia Oculta de Agripa

 

Fonte: https://opontodentrodocirculo.wordpress.com/2015/08/27/o-quadrado-duplo/


NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE
ADQUIRA AGORA MESMO ESTE LIVRO

Esta Coletânea reúne alguns retalhos e recortes da rica história do Grande Oriente do Brasil, primeira Potência Maçônica a se instalar em território brasileiro, em 17 de junho de 1822, em comemoração aos seus 195 anos de existência. Acesso o site oficial: www.gob195anosdehistoria.com.br

MAÇONARIA, MAÇOM, MAÇONS, LIVROS MAÇÔNICOS, LIVROS ESOTÉRICOS, GOB, COMAB, GLM, LOJA MAÇÔNICA, GRANDE LOJA MAÇÔNICA, HISTÓRIA DA MAÇONARIA, HÉLIO PEREIRA LEITE, HÉLIO P. LEITE, HPL, 195 ANOS DE FUNDAÇÃO DO GRANDE ORIENTE DO BRASIL, O GRANDE ORIENTE DO BRASIL COMEMORA 195 ANOS DE FUNDAÇÃO

195 ANOS DE FUNDAÇÃO DO

GRANDE ORIENTE DO BRASIL


MAÇONARIA, MAÇOM, MAÇONS, LIVROS MAÇÔNICOS, LIVROS ESOTÉRICOS, GOB, COMAB, GLM, LOJA MAÇÔNICA, GRANDE LOJA MAÇÔNICA, HISTÓRIA DA MAÇONARIA, HÉLIO PEREIRA LEITE, HÉLIO P. LEITE, HPL, 195 ANOS DE FUNDAÇÃO DO GRANDE ORIENTE DO BRASIL, O GRANDE ORIENTE DO BRASIL COMEMORA 195 ANOS DE FUNDAÇÃO

Este slideshow necessita de JavaScript.

 



Este slideshow necessita de JavaScript.

 



Este slideshow necessita de JavaScript.



Este slideshow necessita de JavaScript.



Este slideshow necessita de JavaScript.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta